sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

CAPITULAR

Resolvi calar a mente...
para tentar encontrar uma solução!
Estava gritando para mim,
não posso mais ouvir essa voz,
e ela continua ecoando cada vez mais alto,
pedindo, suplicando.
Estão cedendo devagar,
aliciando-se um a um,
Momentos sepulcrais...
Coagindo minhas fraquezas e memórias,
...Tudo o que eu queria esquecer, inumar...

2 comentários:

Amanda Goulart: A Liberdade pelas mãos do Jornalismo disse...

Calar ou falar?
Beber ou se manter são?
Viver ou morrer?
Acho melhor morrer por alguns minutos...

yo disse...

cada vez,
um mergulho,
uma voz,
um fundo;
de verdade,
na verdade,
mais um mergulho,
em ti.

gostei!