domingo, 26 de abril de 2009

Evidência

Uma parte de você, hoje me fez lembrar
da translucidez da minha pele sobre a sua,
de seus movimentos ágeis contra os meus, tão lentos...
Nunca fui capaz de te alcançar, de tão longe, me punha
apenas à lhe observar...
Quis te ver sorrindo sempre, quis ter sua alegria para mim,
mas os meus olhos estavam pesados de tantas linhas negras.
Meu sorriso seco, não conseguiu enganar o seu, sempre tão feliz!
Senti-me afogada, dentro do meu próprio vazio, pela minha própria incapacidade de amar,
por conhecer tão bem o amor, e não conseguir mais enganá-lo como fizera à tempos atrás...
Senti frio e seu corpo não estava aqui, contentei-me com um cobertor fino,
que enganava um pouco os meus sentidos e a minha vontade...
Meus olhos se abriram esperando encontrar os seus, mas foi apenas por um momento,
logo a realidade caiu sobre o meu colchão.
Acordei várias vezes, sentindo sede, tentando me recuperar daquela embriaguez que me
consumia e me distanciava ainda mais da verdade.
Tentei te encontrar em muitos outros sorrisos, mas nenhum era tão exagerado quanto aquele último que me destes antes de bater aquela porta.
Você fugiu de mim, assim como eu me acostumara a fugir de você...
Eu me desvencilhei tanto do amor que assim que ele teve a oportunidade, se afastou da minha vaidade e deixou apenas a parte despretensiosa e ingênua de minha alma. Retirou as amarras e desatou os nós que me prendiam.
Fui exposta por ele, logo após que foi exposto à mim o lídimo amor.

7 comentários:

Camila disse...

A graça passou! Eu tenho medo da graça que passa e não enxergo, por minha visão muitas vezes preconcebida e o meu sentir medroso de se expor...o amor é a graça e ele também passa...Amei o desabafo!

Maldito disse...

profundo,...mas pessoal demais para ser comentado!
Inté

GrandeR@O disse...

nossa vc fala do amor, como se falasse de vc. . . será que vc não é o amor personificada?? hummm
misterio

Marcela' disse...

Aah, esses amores profundos que dão em liindas palavras..
Baci !

darsh. disse...

"Tentei te encontrar em muitos outros sorrisos".
Sempre cometo esse erro.

iilógico disse...

exposta a ele...
lindo!

e... respira e continua a nos alegrar com seu texto.


bj-te

Wagner Marques disse...

que menina profunda!