sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Endrômina

Arrancaram as suas asas e podaram todas as suas expectativas. E ela, mais uma vez, se mostrou incapaz de impedir que tudo se arruinasse por completo. Desse modo, aceitou a vida da maneira como ela se apresentou, crua e nua. Sabia que a volta era longa e ultrapassava as necessidades e as barreiras dessa nova vida. A partir de então, ela se viu como alguém insuficiente perante a grandeza e a complexidade de qualquer outro. Não podia mais correr, se limitava em arranhar palavras ao vento, suspirar gemidos e lamentar sorrisos. Era um fim e nada mais. Apenas mais um e depois dele viria o recomeço.
Como poderia mudar a rota sem tropeçar em pedras desconhecidas? Como deixar de sonhar se a cada dia o novo se levanta para esfregar a realidade em sua face?
Parecia conhecer os detalhes daquele antigo caminho porém era tudo mentira. E assim o que se fez novo era mais conhecido que o anterior. Refez, desfez, transformou. Era o tempo de fazer a hora certa, de esquecer, de retomar, de reviver.

3 comentários:

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Hi, my Beautiful!!!
O SORRISO DELE ME ENCANTA

O sorriso dele me encanta.

Como me encanta a forma como ele me olha, a carinha de inocente quando faz coisa errada, ou o jeito de perdido quando não sabe alguma coisa...

E os olhos? Que brilho é aquele? Eu poderia ficar olhando durante horas e não me cansaria.

Tem o abraço mais gostoso que já senti. Dentro daquele abraço me sinto protegida, querida e feliz. E a cada abraço é como se o mundo parasse e eu pudesse ficar ali aquele instante aproveitando tudo aquilo sem ter que se separar novamente.

Sinto tanta saudade, o peito aperta de saudade.

Sou muito feliz por ter um amor que me faz suspirar todos os dias, que me faz rir sozinha, que tira meu folêgo

Tão divertido, tão inteligente, tão lindo.
Tô perdidamente apaixonada pelo meu ursinho de pelúcia****************
By Renata eu e daí?

Beijos mil**************************
Teadoro**********************
Don´t forget it: Love is Life and Life is Love!!!
I never forget you, my dearest friend*************************
Have always a great day!!!

Jéssica V. Amâncio disse...

Lindíssimo. E como é difícil continuar sonhando, sabendo que a realidade que nós vemos é tão cruel às vezes.

Priscila Rôde disse...

"Era o tempo de fazer a hora certa, de esquecer, de retomar, de reviver."

Esse tempo precisa ser mais frequente, as vezes!