terça-feira, 20 de janeiro de 2009

A verdade Dói
















O que você vê nesses dias intempestivos?
Há uma dúvida chave nessa circunstância
que me comove de vaga sanidade.
Ao alucinar tantos fragmentos
não imaginei criar essa enfermidade,
e agora vejo que o que não ousava me atacar
é um mal tão profundo quanto a dilaceração
dessas imóveis partes,
tão pobres de vida quanto à mim mesma.
E por que achar que tudo não passou de uma
vaga idéia em um dia ruim?
As pessoas fracas tentam se esconder de si
mesmas e seu comportamento se retrocede
ao que sempre será imposto!
É preciso olhar mais fundo e sentir a essência!
É tudo muito breve e como a brisa se esvai!
e eu também me retiro!
Inoportuna presença, eu sei...
No entanto, se sua coragem se dispuser ao seu próprio
favor, olhe ao redor e procure
sua sombra!

6 comentários:

Isa disse...

Dúvidas, dúvidas. Eu estou satidfeita com elas!

Ps. Obrigada, moça. Vou passar a vir mais por aqui. Gostei :)

angelo alfonsin disse...

Textos e fotos lindos, volte sempre, a casa é sua.
Entre sem bater.
beijo

darsh. disse...

a verdade dói mesmo, e não há remédio.

silvio abravanel dos disse...

mina se eh mt massa! parabens
o que sera que faz com q cabeças como as nossas se espressem e outras que parecem as melhores a visao sejam amocadas dentro de uma imagem??

Filippe. disse...

estou por ai procurando sentir minha essência.

R.Vinicius disse...

A sombra pode guiar ao caminho da luz, posto que a sombra precisa deste brilho cintilante para existir, ou em parte.

Abraço,

R.Vinicius