quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Reencetando

Claridade Infinita

Propagando as idéias e as horas no relógio

Em instantes, já é tarde de mais

Aos poucos vão restando apenas migalhas

Pequenos pedaços em sintonia.

Fecharam-se as cortinas

Encobrindo as têmporas do futuro

Em transição permaneço

Despedaçando o vento

Destituindo planos

Desfazendo enganos

E criando outros

4 comentários:

i ILÓGICO disse...

você tá aí! que bom!

i ILÓGICO disse...

e o livro? o romance...

Marília Deleuz disse...

Adorei seu blog!

José María Souza Costa disse...

CONVITE

Primeiro, eu vim ler o seu blogue.
Agora, estou lhe convidando a visitar o meu, e se possivel seguirmos juntos por eles. O meu blogue, é muito simples. Mas, leve e dinamico. palpitamos sobre quase tudo, diversificamos as idéias. mas, o que vale mesmo, é a amizade que fizermos.
Estarei grato, esperando VOCÊ, lá.
Abraços do
http://josemariacostaescreveu.blogspot.com